klimt
Klimt – Danae

As cordas
acordam
acordes
do bojo
que se espraia
no tempo
ressoam
desejo
em confinamento
do lasso ensejo
no vil pensamento
as cordas
acordam
acordes
em quem
ainda estala
o momento
À parte é nossa jornada
esta indizível estrada
que nos circunda as realidades
obscura é a escada
que nos conduz abaixo
ao momento
inevitável
do encontro
à batalha por encanto
na qual ambos
já estamos vencidos
e, no entanto
não poderíamos
estar mais lúcidos
mesmo que perigoso
o alimento
para a nossa íntima projeção
ainda mais se inflamável
o combustível
que nos ceva
As cordas
acordam
acordes
em quem
arde o peito
e não nega

Marina Tavares

Anúncios